Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Ressaca arrasta bar flutuante por cinco quilômetros em SC

Estrutura foi levada pelo mar de Porto Belo para Itapema. Donos calculam prejuízo de mais de R$ 30 mil.


sexta-feira, 11/agosto/2017
Ressaca arrasta bar flutuante por cinco quilômetros em SC

Um bar flutuante foi arrastado de Porto Belo para Itapema, no Litoral Norte catarinense, após uma ressaca no mar. A estrutura foi encontrada a cinco quilômentros de distância do local original na manhã desta sexta-feira (11). Os proprietários estimam que o prejuízo chegue a mais de R$ 30 mil. Não houve feridos.

O bar ficava na praia do Caixa d’Aço e foi levado pelas águas até Meia Praia. Conforme um dos proprietários, a estrutura estava fundeada em um local até então considerado seguro.

Entretanto, a ressaca já havia arrebentado durante a semana uma das quatro cordas que mantinha o estabelecimento preso. Com isso, há dois dias, todas as cordas foram trocadas.

Os donos acreditam que o bar tenha se despreendido por volta da meia-noite. Pessoas que estavam na orla da praia de Itapema informaram que chegou em Meia Praia às 5h.

A prefeitura de Porto Belo, por meio da Secretaria de Obras, ajudou a tirar os móveis de dentro do local com uma caçamba.

A ideia dos proprietários é remover a estrutura do bar para mais próximo da areia para evitar novos arrastões. Eles querem reformar o bar no local e levá-lo para o Caixa d’Aço quando o mar ficar mais calmo.

A Capitania dos Portos de Itajaí afirmou que a marinha tem cinco dias para apurar como esse barco foi parar em Itapema.

Ondas gigantes

Até domingo (13) segue o alerta para o mar no Litoral de Santa Catarina. Há previsão de ondas gigantes, na casa de 3 a 4 metros. A navegação de embarcações de pequeno e médio porte não é aconselhada.

“A intensidade dessa ressaca não chega ser fora da intensidade de outras, mas o que mais chama atenção é a quantidade de dias com ondas muito grandes. O fato de ter dois sistemas meteorológicos atuando no mar, o ciclone e a alta pressão, ajuda a explicar essa maior quantidade de dias visto que esses sistemas avançam muito lentamente sobre o mar”, explica o meteorologista Leandro Puchalski.

A navegação de pequenas e médias embarcações não é aconselhada nestes dias.

Por causa da ressaca, é preciso ter “atenção para edificações, infraestruturas, vias e áreas vulneráveis à erosão, inundações costeiras e proteger embarcações e apetrechos de pesca”, informou a Defesa Civil.

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Polícia flagra carro a 208 km/h no interior do Paraná. Veja vídeo

Loren Franco usa saia justa em ensaio, chama atenção e esbanja boa forma

Acidente deixa 3 mortos e 2 feridos na PR-466, em Pitanga

Conheça a origem da Sexta-feira 13


Priscila Soares musa fitness miss Santa Catarina causa em campanha para tratamento de cabelo

Priscila Soares musa fitness miss Santa Catarina causa em campanha para tratamento de cabelo


Mulher posa nua junto a viatura da polícia na Paraíba e corregedoria investiga caso

Mulher posa nua junto a viatura da polícia na Paraíba e corregedoria investiga caso


A maquiadora Juliana Talita mostrou seu talento em clipe do cantor Naldo Benny

A maquiadora Juliana Talita mostrou seu talento em clipe do cantor Naldo Benny


Começou a Campanha “# Atitude Rosa” na Unicentro

Começou a Campanha “# Atitude Rosa” na Unicentro