Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Universitária cearense é encontrada morta em Barcelona

Ana Cristina estava em Barcelona há seis meses.


sábado, 26/março/2016
Universitária cearense é encontrada morta em Barcelona

A estudante da Universidade Federal do Ceará (UFC), Ana Cristina Soriano, foi encontrada morta nesta sexta-feira (25), na casa onde morava, na cidade de Barcelona, localizada na Espanha. De acordo com a irmã da universitária, Karina Soriano, o consulado do Brasil na Espanha já entrou em contato com a família para acertar o translado do corpo para Parambu, cidade natal da jovem, no interior do Ceará.

Segundo Karina, Ana Cristina, de 27 anos, era aluna do curso de engenharia de software, do Campus de Quixadá e se formaria no final deste ano. Ela estava em Barcelona há seis meses, onde participava do programa Ciência sem Fronteiras, do Governo Federal.

Karina conta que a família foi informada da morte da jovem pelo casal de brasileiros, que são proprietários da casa onde a estudante alugava um quarto. “Eles falaram com ela quarta à noite e estava tudo bem. Na quinta, ela não saiu do quarto. Na sexta, como ela ainda não tinha saído do quarto, chamaram por ela e, como ela não respondeu, chamaram o corpo de bombeiros”, disse. Segundo a irmã da universitária, quando abriram a porta Cristina estava deitada na cama. “Ela estava morta como se estivesse dormindo”, afirma.

A família acredita que Ana Cristina tenha morrido de causas naturais. De acordo com a irmã, uma autópsia preliminar já foi realizada, mas, devido ao feriado na cidade espanhola, só deve ser liberada na próxima semana. O seguro da jovem foi contactado pelo consulado e irá cobrir as despesas com o transporte do corpo para o Ceará.

A Universidade de Federal do Ceará (UFC) emitiu uma nota de falecimento em sua página oficial, informando que o fato foi comunicado ao Consulado do Brasil que acompanha as providências junto às autoridades espanholas em Barcelona. “A Reitoria da Universidade Federal do Ceará, a Coordenadoria de Assuntos Internacionais e a diretoria do Campus Quixadá também acompanham o caso. Hoje, logo que tomou conhecimento, o Reitor Henry de Holanda Campos entrou em contato com a família para manifestar solidariedade e assegurar o apoio necessário no que compete à UFC. Ainda não há informações sobre traslado do corpo da estudante para o Brasil”.

O Ministério das Relações Exteriores informou através de sua assessoria, em Brasília, que está apurando as informações sobre o caso.

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Imagens aéreas revelam beleza do Lago de Olarias

Mr. Catra tem alta de hospital em São Paulo

Trenzinho do Noel começa a circular na próxima quarta

Caminhoneiro de Guarapuava morre em acidente em São Paulo


Primeiro dia de passeio com o ônibus de Natal da Pérola será nesta sexta

Primeiro dia de passeio com o ônibus de Natal da Pérola será nesta sexta


Fumaça da fábrica de Viagra tem causado ereções em moradores

Fumaça da fábrica de Viagra tem causado ereções em moradores


Mr. Catra é internado em São Paulo

Mr. Catra é internado em São Paulo


Maiara, dupla de Maraisa, é atropelada em Goiânia e sofre fratura no tornozelo

Maiara, dupla de Maraisa, é atropelada em Goiânia e sofre fratura no tornozelo