Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Santa Catarina lança o primeiro carro elétrico desenvolvido totalmente no Estado

Fizeram um, o segundo está sendo montado para uma indústria e a empresa busca aporte de recursos para iniciar a produção em série.


quarta-feira, 01/novembro/2017
Santa Catarina lança o primeiro carro elétrico desenvolvido totalmente no Estado

O Estado já conta com uma montadora de carros elétricos. É a Mobilis, de Palhoça. Caso a britânica Velfera venha mesmo para Joinville, Santa Catarina terá duas montadoras do segmento e, no futuro, pode ter três porque a BMW também deve fazer esses carros em Araquari. Fundada pelos engenheiros mecânicos Mahatma Marostica, Thiago Hoeltgebaum e o engenheiro eletricista Paulo Bosquieiro Zanetti, a Mobilis Veículos Elétricos lançou o Li (foto), o primeiro carro elétrico desenvolvido totalmente no Estado. Fizeram um, o segundo está sendo montado para uma indústria e a empresa busca aporte de recursos para iniciar a produção em série. Oferece veículo interno ou off-road. Falta homologar freio ABS e Airbag para poder trafegar na rua, como os demais. Preço ao consumidor: R$ 45 mil.

Futuro do etanol
O mundo automotivo está mudando e o governo brasileiro está finalizando o programa Rota 2030 para suceder o Inovar-Auto. A tendência maior para o futuro são os carros elétricos, mas para a CNI, o etanol, combustível mais ecológico, e a série de tecnologias em torno dele não devem ser abandonadas. O presidente da Fiesc, Glauco José Côrte, que presidiu ontem reunião sobre o tema em Brasília, disse que é importante a Rota incluir o etanol para proteger esse ativo e estimular novos avanços tecnológicos. Côrte preside o Conselho de Política Industrial e Desenvolvimento Tecnológico da CNI.

Fiesc cobra concessões já
Diante do sucateamento e engarrafamentos crescentes nas rodovias federais no Estado, o presidente da Federação das Indústrias (Fiesc), Glauco José Côrte (D) e o primeiro vice-presidente da entidade, Mario Cezar Aguiar (E) cobraram ontem do ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Wellington Moreira Franco, urgência nas concessões das BRs 470, 282, 280 e 101. Também alertaram sobre os riscos ao Estado com a concessão de trechos das BRs 282, 153 e 476 (PR), em trecho de Chapecó a Lapa, no Paraná. Se concedida, vai levar cargas de SC ao Estado vizinho e enfraquecer a economia local. Entre as sugestões, a Fiesc propôs um programa de concessão para manutenção de estradas.

Saída da Fazenda
Quando assumiu a Secretaria de Estado da Fazenda, o auditor fiscal da casa, Almir Gorges, tinha planos de ficar no cargo até a desincompatibilização do governador Raimundo Colombo, prevista para abril. Saiu antes para concluir um tratamento de saúde. Ele tem excesso de metais no corpo (chumbo). Não é um problema grave, mas para retirar é preciso internação, o que dificulta trabalhar ao mesmo tempo.

Acompanhe as publicações de Estela Benetti

Dc


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Ferrari de Schumacher é vendida por US$ 7,5 milhões em Nova York

Fiat anuncia recall para Punto, Dobló, Uno, Mobi, Palio, Strada e Grand Siena

Motorista que estourar 20 pontos perderá CNH por 6 meses

Governo libera créditos do Nota Paraná para pagamento do IPVA


Novo Honda Civic Si chega ao Brasil em 2018

Novo Honda Civic Si chega ao Brasil em 2018


Funcionário perde controle de BMW de concessionária e atinge pedestre

Funcionário perde controle de BMW de concessionária e atinge pedestre


Range Rover Velar leva 5 estrelas em teste de colisão na Europa

Range Rover Velar leva 5 estrelas em teste de colisão na Europa


Faixas de pedestre em 3D tentam reduzir atropelamentos

Faixas de pedestre em 3D tentam reduzir atropelamentos