Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Cataratas do Iguaçu devem bater recorde histórico de turistas

A expectativa é que mais de 1,7 milhão de pessoas visitem o parque até o fim do ano.


quarta-feira, 01/novembro/2017
Cataratas do Iguaçu devem bater recorde histórico de turistas

Considerado patrimônio mundial natural, o Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as Cataratas do Iguaçu, deve bater recorde histórico de visitação neste ano. E, a partir desta quarta-feira (1), os ingressos ficarão mais baratos.

De 1º de janeiro até a última segunda-feira (30), o parque já recebeu 1,44 milhão de visitantes, média diária de 4.774 turistas.

O recorde pertence a 2015, com 1,64 milhão de visitantes. A expectativa é que, mantido o ritmo atual, mais de 1,7 milhão de pessoas visitem o parque até o fim do ano, principalmente por causa das cataratas.

Com altura de até 80 m, elas são formadas pelas quedas do rio Iguaçu, 18 quilômetros antes de ele juntar-se ao rio Paraná. De outubro a março, as cataratas apresentam o maior volume de água e o total de saltos pode ultrapassar uma centena.

Diretor institucional do Grupo Cataratas, empresa responsável pelos serviços de visitação turística do parque, Fernando Sousa disse que entre os motivos para o recorde de visitação estão a promoção do espaço no país e fora dele e parcerias para a atração de novos voos para Foz do Iguaçu.

O parque apresentava aumento crescente no fluxo até o revés de 2016, devido à crise na economia nacional. No ano passado, o total de visitantes foi de 1,56 milhão.

O indício de que 2017 seria um ano positivo ocorreu já em julho, quando o parque atingiu 1 milhão de visitas 19 dias antes do recorde de 2015.

Atração

No lado brasileiro, as cataratas têm cerca de 800 m de largura e, no lado argentino, 1.900 m. Há 19 principais saltos, cinco dos quais no lado brasileiro.

A melhor vista para observar as cataratas é a partir do Brasil, já que a maior parte dos saltos que estão na Argentina estão voltados para o Brasil.

O parque, criado em 1939 e declarado patrimônio mundial natural pela Unesco em 1986, abriga espécies de animais ameaçados de extinção, como onça-pintada, jacaré-de-papo-amarelo, gavião-real, puma e papagaio-de-peito-roxo.

Mais baratos

A partir desta quarta-feira (1), os ingressos para visitar o parque ficarão 1,72% mais baratos.

Com isso, visitantes brasileiros pagarão R$ 37,30. Para estrangeiros dos países membros do Mercosul, o valor será de R$ 50,30 e, para turistas dos demais países, R$ 63,30.

A correção dos valores foi autorizada pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodervisidade) e também é válida para todos os outros parques nacionais.

A atualização do preço ocorre exatamente um ano após a última alteração e a queda ocorreu devido à variação do IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) entre agosto de 2016 e o mesmo mês deste ano, que foi negativa em 1,72%.

Também a partir desta quarta, começará a venda conjunta de ingressos para três atrativos turísticos na região: o parque, Itaipu  e o marco das três fronteiras (Brasil, Argentina e Paraguai).

Fonte: Portal da Cidade com Folha


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Passaporte da Alemanha é considerado o mais poderoso do mundo pelo 5º ano; brasileiro está no 18º lugar

Parque de Vila Velha oferece passeios especiais em janeiro

Hard Rock trará resorts ao Brasil — um deles, no interior do Paraná

Pesquisa do Airbnb aponta Matinhos, no Paraná, entre as 10 cidades do mundo que são ‘destino tendência’ para 2018


Restaurante Ostra Viva recebe certicificado de excelência do site TripAdvisor

Restaurante Ostra Viva recebe certicificado de excelência do site TripAdvisor


Reforma de trapiches na Ilha do Mel impulsionará turismo

Reforma de trapiches na Ilha do Mel impulsionará turismo


Guaratuba tem uma das cachoeiras mais bonitas do Brasil

Guaratuba tem uma das cachoeiras mais bonitas do Brasil


Confira a dica para quem vai acampar nas praias do Paraná nessas férias

Confira a dica para quem vai acampar nas praias do Paraná nessas férias