Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Viajar sozinho: alguns motivos e dicas para embarcar só

Algumas pessoas até preferem viajar sozinhas. Separamos alguns motivos para te inspirar a embarcar só em uma viagem:


sexta-feira, 29/julho/2016
Viajar sozinho: alguns motivos e dicas para embarcar só

Você já pensou em viajar sozinho? Algumas pessoas tem medo, mas é uma ótima opção para quem quer conhecer lugares novos, fazer novas amizades, adquirir autoconhecimento, lidar com imprevistos e ter uma gratificante sensação de liberdade. É um momento indicado para fazer reflexões e suas próprias escolhas, sem a interferência de terceiros.

Algumas pessoas até preferem viajar sozinhas. Separamos alguns motivos para te inspirar a embarcar só em uma viagem:

– No seu tempo

Viajar sozinho tem a grande vantagem não precisar conciliar o seu calendário com o da galera. Nem sempre é fácil conseguir tirar férias junto com os amigos, namorado, filhos… Principalmente quando se trata de calendários escolares (quando as únicas opções para viajar são julho, dezembro e janeiro). Sem contar que viajar em época fora de temporada é bem mais barato! O preço de passagem, hospedagem e até dos passeios cai. Sim, viajar sozinho é bom.

– Vá para onde quer

Outra vantagem é escolher o melhor lugar para viajar sozinho. Você pode decidir tudo: o local de destinos, as rotas durante a viagem… A escolha é toda sua. Gosta de curtir uma praia no calor? Vai pode ir para Acapulco e tomar muito sol. Gosta de um friozinho? Que tal conhecer as serras gaúchas? Enfim, você é quem sabe!

– Liberdade, liberdade!

Uma viagem só significa que você vai poder ir e vir a hora que quiser. Você poderá ditar o seu tempo: acordar a hora que quiser, almoçar quando tiver vontade, dormir a tarde inteira se for necessário. O tempo é seu: não se preocupe com outras pessoas.

– Teste seus idiomas

Viajar sozinha é uma boa opção para quem quer testar outros idiomas. Claro que para uma primeira viagem isso pode parecer assustador, mas você será obrigada a falar a língua do país de destino, o que nem sempre acontece quando você está acompanhada. Mesmo que não viaje para fora do Brasil, poderá testa a sua habilidade de se comunicar com diferentes pessoas, fazer amizades e se virar sem ninguém.

 

Bom, embarcar em uma aventura sozinho tem vários aspectos positivos. Viajar sozinho no Brasil ou exterior é sempre uma ótima opção, mas alguns cuidados devem ser tomados se você vai viajar sozinho para que a viagem não se torne uma cilada. Confira algumas dicas:

  • Como viajar sozinho? Bom, primeiramente você deve escolher um destino. E deve ser um destino indicado para quem vai viajar sem companhia. Exemplos de lugares indicados para esse tipo de viagem são: Peru, Colômbia, Chile e Argentina, que oferecem passeios específicos para mochileiros e tem a língua parecida com o português e, no Brasil, cidades como Paraty, Salvador, Rio de Janeiro e Florianópolis, que possuem boa infra-estrutura para turistas. Grandes metrópoles, como Nova York e Madri também são indicadas, pois oferecem bons serviços, como transportes e restaurantes de todos os tipos. Você pode consultar um especialista em turismo ou agente de viagem para te ajudar com isso. Lembre-se de escolher a melhor hospedagem para sua necessidade! (ps.: mais para frente nesse mesmo post, damos dicas de alguns locais para viajar sozinho)
  • Os documentos. Não esqueça, de jeito nenhum, de verificar os documentos necessários para a viagem. Se for internacional, lembre-se de andar com o passaporte (ou RG se for para algum país do Mercosul) e veja se o país escolhido precisa de visto. Mantenha os documentos sempre à mão na viagem para evitar imprevistos (ninguém quer ser preso ou deportado por esquecer os documentos, certo?). É importante guardá-los em um local seguro e prestar muita atenção para não perdê-los. Além disso, você deve estar atento em caso de assaltos. Deixe na mochila uma cópia autenticada dos documentos, caso algo aconteça com o original é interessante tê-la. E não fique dando bobeira com os documentos por aí: o roubo deles é mais comum do que você imagina, e a dor de cabeça é maior do que você imagina também. Se você estiver em uma viagem internacional e tiver seu passaporte furtado, precisará ir até o consulado mais perto de onde você estiver com um Boletim de Ocorrência da polícia local. Até aí “tudo bem”. O problema é que para tirar esse novo passaporte, você vai pagar uma taxa que é, em média, o dobro do valor pago aqui no Brasil para renovar o passaporte. Ou seja, pagará algo como 400 reais (mas com a moeda local, claro). E o pior: esse passaporte só será válido por 6 meses: você vai pagar caro e ele ainda durará pouco. Dê olho nos documentos!
  • Mais uma dica se a sua viagem for internacional: é importante que você saiba, pelo menos, o básico do idioma do país. Afinal, você estará sozinho e é bom saber o mínimo para conseguir se comunicar de forma correta e educada. É chato você não conseguir nem agradecer pelos serviços. Além disso, é uma ótima oportunidade para treinar o idiomas e as mímicas.
  • Faça um Seguro Viagem. Para alguns lugares ele é obrigatório, como por exemplo em viagens para países da Europa integrantes do Tratado de Schengen, mas sempre vale a pena fechar um seguro viagem. Ninguém quer quebrar o braço ou pegar uma virose durante a viagem mas, se pegar, o seguro será de grande valia (ou em casos de extravio de bagagem, perda de voo por culpa da companhia aérea e em outros casos).
  • Calcule sua viagem. Faça os cálculos de quanto, mais ou menos, você vai gastar durante a viagem. Se for para outro país, veja qual é a moeda local para fazer o câmbio com o real. Além de levar dinheiro em espécie, é recomendável que você leve um cartão de crédito, o qual terá um imposto em transações internacionais e você terá que desbloquear no banco antes da viagem, e um cartão Travel Money ou Cash Passport (cartões no estilo pré-pago que são comerciáveis em casas de câmbio, agências de viagem e bancos) para eventualidades. Não esqueça: viajar sozinha significa que você não terá um apoio financeiro no local, então vá preparada e faça um bom planejamento.
  • Telefones da embaixada brasileira no país (que você pode encontrar no site dos consulados do Brasil) e da polícia turística do local escolhido para viagem são importantes e devem estar sempre em mãos. Aconteceu algo de errado? Informe as autoridades. E acredite:imprevistos como roubos e furtos podem acontecer em qualquer local do mundo (mesmo nas melhores cidades para viver).
  • Tente fazer uma mala leve, afinal, sempre rolam umas comprinhas no meio da viagem. Além disso, você estará sozinho para carregar as bagagens, por isso é bom não abusar do peso.
  • Não esqueça de levar uma “farmacinha” na mala que será despachada com os remédios que você precisa tomar ou pode precisar durante a viagem. Adaptadores de tomada também são úteis! O Brasil possui uma tomada única no mundo (a de três pinos), portanto adaptadores poderão te salvar para carregar o celular ou ligar o secador de cabelo.
  • Leve sempre com você o endereço e telefone de onde você está acomodado. Se perdeu? Vai ser mais fácil de se achar.
  • Mantenha sua bolsa e mochila sempre por perto. Nada de se distrair e dar bobeira!
  • Quando for beber um drink, fique de olho no copo. Assim, se alguém manipular sua bebida com drogas e outras substâncias você verá (e não tomará a bebida).
  • Não fique em lugares muito isolados ou desertos, principalmente à noite. É melhor evitar.
  • Seja sociável. Se a sua intenção é conhecer novas pessoas, deixe a vergonha pra lá e interaja com as pessoas que conhecer.
  • Leve consigo um aparelho para ouvir músicas, um livro e um caderninho para fazer anotações. São boas opções para quem estará sozinho. Uma máquina fotográfica também é sempre bem-vinda!
  • Que tal levar o seu iPod, MP3, Discman (sim, eles ainda existem!) ou qualquer outro aparelho que você utilize para ouvir música com você? Assim, caso você se sinta sozinho, poderá curtir e se distrair com uma boa trilha sonora. Nada como uma boa música para levantar o astral.
  • Leve também um bom livro. É sempre bom uma boa leitura quando se está só.
  • Vai viajar sozinha? Uma dica para tornar sua viagem bem bacana: existem aplicativos que mostram os nativos que estão dispostos a mostrar a cidade para você. Incrível, não? Duas opção são: Couchsurfing e o Rent a Local Friend.

Se animou para viajar sozinho? Calma lá! Ainda temos uma coisa importante para você: mais dicas para quem vai viajar sozinho. Separamos alguns dos melhores destinos para uma viagem sozinho. Muita gente tem dúvida de para onde ir, então segue aqui algumas dicas de onde você pode ir:

– Nova Iorque, Estados Unidos

Principalmente para quem está acostumado com grandes cidades, NYC é uma ótima opção. Lá, você consegue utilizar o transporte público para se locomover, encontrará bastante informação (principalmente nos pontos turísticos) e terá BASTANTE coisa para fazer. Se gostar de animação e cultura, é uma boa pedida.

– Buenos Aires, Argentina

Que tal visitar nossos hermanos em Buenos Aires? Outra cidade para quem está acostumado com grandes cidades, com um preço mais acessível do que a primeira opção e uma língua mais parecida com o nosso português. Quem viaja sozinho para lá não pode deixar de dançar um bom tango e passar pelos bairros típicos da cidade.

– Toronto, Canadá

Você tem curiosidade de conhecer o país da América do Norte? Viajar sozinha para a cidade de Toronto é uma boa ideia. É uma cidade com bastante opção de restaurantes, cultura e até baladas. Ainda assim, mantém o ar calmo do país. Mas atenção: fique preparado para um frio daqueles, principalmente se você for no inverno. Se for dirigir, veja aqui alguns cuidados para dirigir na neve.

– São Paulo, Brasil

Quer viajar sozinho no Brasil? Que tal conhecer a maior cidade do país? Principalmente para que não está acostumado com a agitação de uma cidade grande,  é uma boa oportunidade para ver o dia a dia agitado da capital paulista. Você pode fazer uma visita ao MASP, passear na Avenida Paulista e conhecer o Estádio do Pacaembu.

– Montevidéu, Uruguai

Que tal conhecer nossos vizinhos? O Uruguai tem paisagens incríveis e é uma ótima opção para você viajar sozinha.  Montevidéu é uma cidade que mistura o novo e o antigo em um mesmo lugar. Já demos boas dicas para você aproveitar os melhores pontos turísticos em viagem para o Uruguai.

 

Ficou com vontade para fazer uma primeira viagem sozinho? Não esqueça de contratar o seu seguro viagem com a Bidu! Faça uma cotação online e viaje seguro. E não esqueça dos cuidados com a casa antes de viajar.

Por:  Renata Santos


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Cataratas do Iguaçu devem bater recorde histórico de turistas

Guaratuba tem uma das cachoeiras mais bonitas do Brasil

Confira a dica para quem vai acampar nas praias do Paraná nessas férias

Passeio de Kattamaram II é novo atrativo turístico de Foz


Bar de gelo de Foz terá neve e temperatura abaixo de zero

Bar de gelo de Foz terá neve e temperatura abaixo de zero


Village Iguassu Golf Residence será entregue oficialmente

Village Iguassu Golf Residence será entregue oficialmente


Foz do Iguaçu recebe o maior bar de gelo do mundo

Foz do Iguaçu recebe o maior bar de gelo do mundo


Jovem escala ilegalmente uma Pirâmide Egípcia e mostra as imagens

Jovem escala ilegalmente uma Pirâmide Egípcia e mostra as imagens