Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Vibrador, armas e drogas estão entre os itens apreendidos por seguranças na entrada do Rock in Rio

Equipes já apreenderam sacolés de vodca, drogas dentro de mochilas de crianças e até vibrador. Também foram recolhidas mais de 35 armas.


domingo, 17/setembro/2017
Vibrador, armas e drogas estão entre os itens apreendidos por seguranças na entrada do Rock in Rio

A fiscalização de bolsas e volumes na entrada da Cidade do Rock é rigorosa. Um dos coordenadores da empresa de vigilância disse que desde o inicio do festival as equipes já apreenderam sacolés de vodca( bebidas alcoólicas estão proibidas), drogas dentro de mochilas de crianças e até vibrador. Também foram recolhidas mais de 35 armas. A maioria, segundo ele, de pessoas que tem porte de arma . Eles são encaminhados para fazer acautelamento.

Acompanhamos no inicio da tarde deste domingo como é o trabalho dos vigilantes. Um casal que passou com um copo de cerveja teve que consumir a bebida antes de entrar na Cidade do Rock.

Quem passa pela fiscalização elogia a iniciativa e até estranha o rigor. Foi o que aconteceu com Tatiana Carneiro, que veio de João Pessoa. Ela não passou com uma lixa de unha e o alcool gel que trazia na mochila. “Ela [vigilante] tirou tudo da minha bolsa. O alcool gel achei muito rigor e não precisava”, disse.

Bernardo Bastos, 18 anos, é de Olaria e veio com a mochila cheia de roupas e água, mas esqueceu que tinha uma pomada dentro da mochila.

“Eu operei o joelho e preciso usar a pomada. Eles me perguntaram o que era e liberaram. Eu achei bem correto. É nossa segurança”, disse.

Mais cedo, camelôs vendiam guardas-chuvas para quem precisava de proteger do sol quente. Vendidos a R$10, os objetos tiveram que ser descartados antes da entrada na Cidade do Rock. Eles estão na lista dos objetos proibidos pela organização do Rock in Rio.

Segundo os organizadores do festival, serão permitidos o acesso de objetos como carregadores de celular, protetor solar, óculos escuros, agasalhos e câmeras semi-profissionais.

Pode levar:

  • Comida industrializada (biscoitos, torradas e barra de cereal)
  • Frutas cortadas e sanduíches – só poderá entrar no Rock in Rio se estiver lacrada em embalagem transparente tipo “zip lock”. O limite é de cinco unidades por cada pessoa e sem a intenção de comercializá-los.
  • Garrafas plásticas para o consumo de água, desde que sem tampa. O público terá à disposição bebedouros com água potável espalhados pela Cidade do Rock

Não pode levar:

  • Garrafas de qualquer gênero, tamanho ou material, como as de água mineral
  • Embalagens rígidas e com tampa (exemplo: potes de plásticos do tipo “tupperware”)
  • Latas
  • Capacetes
  • Armas de fogo ou armas brancas de qualquer tipo
  • Cadeiras ou banquinhos
  • Guarda-chuvas
  • Objetos pontiagudos
  • Objetos perfurantes ou cortantes (tesoura, estiletes, pinças, cortadores de unha)
  • Fogos de artifício, dispositivos explosivos, sinalizadores e aparatos incendiários de qualquer espécie
  • Objetos de vidro, plástico ou metal (perfumes, cosméticos, inclusive desodorantes de qualquer tipo, pasta ou escova de dente)
  • Bebidas (em qualquer tipo de recipiente)
  • Skate, bicicleta ou qualquer tipo de veículo motorizado ou não
  • Isopor, cooler ou qualquer tipo de utensílio para armazenagem
  • Bastão de selfie para fazer fotos
  • Itens que possam ser utilizados para marketing de emboscada
  • Substâncias venenosas e/ou tóxicas, incluindo drogas ilegais
  • Bandeiras ou cartazes contendo mensagens ou símbolos com divulgações comerciais

Guarda-volumes

O festival disponibiliza um guarda-volumes (lockers) para bolsas e bagagens. O preço antecipado do aluguel custa R$ 35. O interessado pode optar por adquiri-lo junto a um carregador portátil por R$ 70 (ambos têm o acréscimo de uma taxa de conveniência de R$ 3,50, que garante a reserva durante todo o período selecionado e dá direito a acesso preferencial para a retirada do seu locker).

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Prefeito de Petrópolis, pede desculpa e diz que vai revogar lei do Dia do Servidor ‘Bonito Esteticamente’

Demora em associar ruído a submarino que desapareceu causa polêmica na Argentina

Anatel começa a bloquear celular pirata a partir de maio de 2018

Parceiro de Alceu Valença, cantor e compositor Tito Lívio morre aos 60 anos, em Olinda


Estudo aponta contaminação por cocaína no mar do litoral de SP

Estudo aponta contaminação por cocaína no mar do litoral de SP


Mega-Sena, ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 60 mi

Mega-Sena, ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 60 mi


Assembleia paulista aprova lei que facilita sujar nome de devedor

Assembleia paulista aprova lei que facilita sujar nome de devedor


Black Friday: veja os principais problemas dos últimos anos e listas de empresas mais reclamadas

Black Friday: veja os principais problemas dos últimos anos e listas de empresas mais reclamadas