Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Seguradoras já podem se habilitar para operar com o seguro rural


segunda-feira, 12/janeiro/2015
Seguradoras já podem se habilitar para operar com o seguro rural

 

A Secretaria estadual da Agricultura e do Abastecimento começa a receber a partir desta segunda-feira (12) as primeiras propostas das seguradoras credenciadas para operarem com o Programa Estadual de Subvenção ao Prêmio de Seguro Rural. De um orçamento total previsto de R$ 10 milhões para o programa de subvenção estadual ao prêmio do seguro rural para 2015, o governo do Paraná já disponibilizou R$ 2,3 milhões em recursos do Tesouro do Estado administrados pela Fomento Paraná.

As propostas de seguro de lavouras podem ser feitas pelos produtores rurais nas seguradoras de sua preferência e confiança. Inicialmente a Secretaria da Agricultura vai acatar os pedidos de subvenção ao prêmio de seguro rural para as apólices emitidas para cobertura das lavouras de feijão e milho da segunda safra e frutas. A partir de março, começa a incluir as propostas para cobertura da safra de trigo 2015. Pecuária e florestas plantadas também fazem parte do rol de atividades agropecuárias amparadas pelo programa.

Segundo o secretário da Agricultura, Norberto Ortigara, além da ampliação de três para vinte nove culturas amparadas pelo seguro rural, outra inovação foi o credenciamento das seguradoras por 60 meses, o que está possibilitando o início das operações de subvenção já em janeiro, em conformidade com o calendário agrícola e a necessidade dos produtores rurais. “Como as empresas de seguro já foram cadastradas e credenciadas no ano passado, o programa não sofrerá com descontinuidade decorrente de problemas burocráticos”, explicou.

O credenciamento feito com as seguradoras é válido por cinco anos, e o contrato com a Fomento Paraná, por 12 meses. “Com essas medidas adotadas em 2014, a burocracia será reduzida à metade, favorecendo o produtor que terá mais agilidade para encaminhamento de suas propostas e liberação das apólices”, afirmou Ortigara.

O restante do orçamento será liberado à medida que for aumentando a demanda e de acordo com o calendário agrícola no decorrer do ano, explicou Francisco Carlos Simioni, diretor do Departamento de Economia Rural (Deral) e coordenador do programa.

SEGURADORAS – São sete as seguradoras credenciadas pelo governo do Paraná a operar com a subvenção estadual ao prêmio do seguro rural no Estado: Aliança, Essor, Mapfre, Nobre, Porto Seguro, Sancor e Swiss-Re.

Os produtores que quiserem acessar o programa devem procurar os corretores de seguro de sua preferência para efetuar o seguro de suas lavouras sendo que o limite de subvenção estadual é de R$ 4.800,00 por produtor, por cultura segurada e por ano/safra.

2014 – No ano passado, o programa de subvenção estadual ao prêmio do Seguro Rural no Paraná aplicou R$ 7 milhões, com recursos do Tesouro do Estado, para proteção de lavouras de milho da segunda safra, feijão, cevada, café e abacaxi, algodão, alho, batata, café, cebola, cevada, feijão, tomate, ameixa, caqui, figo, goiaba, kiwi, laranja, maçã, melancia, morango, nectarina, pêra, pêssego, tangerina, uva, floresta cultivada, trigo sequeiro, trigo irrigado e para a pecuária sujeitas aos eventos climáticos como geada, granizo, excesso de chuva, estiagem e outros.

No total foram beneficiados cerca de 4.500 produtores paranaenses, que correspondeu aproximadamente ao número de apólices efetivadas.

Conforme as regras da subvenção ao prêmio do seguro rural, o governo federal paga até 70% do valor do prêmio e o governo do Estado arca com 15% do valor, ou seja, metade do que compete ao produtor pagar. Isso quer dizer que de cada R$ 1.000,00 de seguro, o agricultor arca com prêmio de R$ 150,00. Com o dinheiro que sobra o agricultor pode aplicar em mais investimentos e modernização na propriedade.

Saiba mais sobre o trabalho do governo do Estado em:

http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Promotoria de Matinhos abre investigação contra vereador

Homem Aranha tem fantasia furtada e faz apelo ao assaltante

Prefeito Cesar Silvestri Filho palestrará em evento internacional

Cristina Silvestri propõe que proprietários de bicicletas tenham número de série na NF


Prefeito em exercício, Itacir Vezzaro acompanha inauguração de ampliação de Clínica Veterinária da Unicentro

Prefeito em exercício, Itacir Vezzaro acompanha inauguração de ampliação de Clínica Veterinária da Unicentro


Prefeito de Matinhos desabafa e chama os vereadores de bandidos

Prefeito de Matinhos desabafa e chama os vereadores de bandidos


Quatro morrem durante tocaia em Pinhão

Quatro morrem durante tocaia em Pinhão


Esquema ilegal de liberação de alvarás é desarticulado pelo Gaeco

Esquema ilegal de liberação de alvarás é desarticulado pelo Gaeco



CFW Agência de Internet