Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Segunda edição do Salão Náutico Marina Itajaí registra mais de R$ 40 milhões em negócios

Evento, que aconteceu de 20 a 23 de julho no litoral norte catarinense, se consolida pela importância ao desenvolvimento do setor náutico com apresentação de novidades em produtos, acessórios e serviços.


sábado, 29/julho/2017
Segunda edição do Salão Náutico Marina Itajaí registra mais de R$ 40 milhões em negócios

Quem esteve presente na segunda edição do Salão Náutico Marina Itajaí, que aconteceu na última semana, de 20 a 23 de julho, pode conferir de perto embarcações de consagrados estaleiros nacionais e internacionais além de produtos, acessórios e serviços no shopping náutico. Foram mais de 30 embarcações expostas em vagas molhadas e mais de 10 embarcações em vagas secas, de caiaques a megaiates de mais de 100 pés. Segundo expositores, o evento atraiu um público qualificado e interessado em conhecer as novidades do setor. Até o momento, foi registrada a geração de mais de R$ 40 milhões em vendas, sem falar da realização de inúmeros contatos comerciais e negociações em andamento.

“Estamos satisfeitos com a segunda edição do Salão Náutico Marina Itajaí, um evento que reuniu expositores e apoiadores que acreditaram no evento para apresentar suas novidades ao público. Foi uma excelente oportunidade de impulso ao mercado, geração de negócios e fortalecimento do turismo náutico no sul do Brasil e nas demais regiões. Além disso, o evento se consagrou pelas opções de lazer e pelo ambiente agradável com atrativos aos visitantes como o desfile de moda, happy hours, recreação infantil e a parte de gastronomia com opções para todos os gostos, desde espetinhos até iguarias da alta gastronomia do Restaurante Zephyr. Apresentação de veículos e empreendimentos imobiliários, que também são importantes para o desenvolvimento da região, foram mais destaques da feira”, conta o diretor da Marina Itajaí, Manuel Carlos Maia de Oliveira.

Público qualificado no II Salão Náutico Marina Itajaí

Com o objetivo de reforçar a presença da marca no Sul do país e brindar a parceria de sucesso com o dealer Regatta Yachts, que atende desde setembro na região, o estaleiro italiano Sessa Marine marcou presença no evento e avaliou o perfil do público de forma positiva. “Ficamos impressionados com a estrutura da Marina Itajaí e desejamos vida longa ao complexo catarinense que está crescendo a cada ano. Em relação ao evento, nossa expectativa foi atendida pelo fortalecimento da marca e divulgação sobre a chegada da revendedora à região, além da captação de contatos para o levantamento de novos negócios. Pelo perfil de público qualificado que visitou os barcos e marcou presença no nosso coquetel, as necessidades foram supridas e teremos, pelo menos, dois meses de muito trabalho em prospecções”, ressalta o presidente da Intech Boating, que representa e produz a marca Sessa Marine no Brasil, José Antonio Galizio Neto.

A italiana Azimut Yachts, um dos estaleiros participantes, com fábrica instalada na cidade, destacou a estrutura do evento e perfil dos visitantes. “Em relação à estrutura de atendimento ao expositor e ao perfil de público extremamente qualificado, o Salão Náutico Marina Itajaí atingiu as expectativas. Foi uma excelente oportunidade para vendas e contatos comerciais que deram origem a novos negócios e que, neste momento, já estão em andamento. Por meio das visitas às embarcações, o complexo náutico se tornou uma extensão da fábrica na cidade. O público pode visitar embarcações de 56 pés, o iate esportivo Verve 40, a luxuosa Azimut 70 e a Azimut 103 SL, o maior iate apresentado no evento”, conta o diretor comercial da Azimut Yachts Francesco Caputo, que representa na América Latina, o maior construtor de iates de luxo do mundo.

O modelo inovador, fast trawler, desenvolvido pelo estaleiro Okean Yachts, especialmente para o mercado brasileiro, encantou visitantes. “A Okean 50 foi apresentada pela primeira vez ao público do sul do país durante a segunda edição do Salão Náutico Marina Itajaí. Sem dúvida estará aqui no ano que vem e, possivelmente, com uma linha maior, já que tínhamos a intenção de apenas apresentar o produto ao mercado e, agora, já temos sete test drives marcados”, destaca o empresário da Nauticlass, Júnior Gomes, revendedor da Okean Yachts.

Apresentadas pela SP Marine/Mondblu, as embarcações da Sea Ray e Bayliner também agradaram ao público. “A região do Sul é muito promissora e a prospecção de negócios foi muito boa, inclusive, com test drives agendados”, comenta o diretor da SP Marine/Mondblu Ivan César Batagini.

Acessibilidade ao mercado náutico

De compra compartilhada a produtos e serviços de pequenos empresários do setor náutico, a segunda edição do Salão Náutico apresentou também opções acessíveis ao público interessado em navegação. É o caso da Prime Share, pela segunda vez no evento, e que comemora o crescimento em prospecção de clientes comparado ao último ano.

“A propriedade compartilhada é uma solução da crise e teve um grande crescimento no último ano, de cerca de 50%. Neste sentido, nossa perspectiva é de manter este desenvolvimento, e o Salão Náutico Marina Itajaí contribui para a consolidação da cultura náutica. Saímos felizes em obter um número quatro vezes maior de prospecção de clientes em comparação com o ano passado, quando apresentamos o novo produto ao mercado. Avaliamos que no ano passado tivemos mais pessoas, mas neste ano o evento foi mais produtivo pela geração de novos negócios, já que o público chegou perguntando sobre a nossa localização e entendendo sobre a compra compartilhada”, descreve o idealizador e o sócio proprietário Ricardo Ravache.

SEBRAE, que trouxe empresas de produtos e acessórios do setor náutico ao salão, diz que teve êxito na validação das mercadorias apresentadas pelos pequenos empresários aos visitantes. “O Salão Náutico Marina Itajaí foi uma excelente oportunidade para o pequeno empresário apresentar produtos e acessórios para um público que vivencia o mar. Além disso, nosso intuito também foi o de mostrar que o mercado náutico é acessível a todos que têm como paixão a navegação e que podem iniciar neste universo com embarcações de entrada como é o caso de caiaques e botes infláveis. A região Sul, sem dúvida, possui muito potencial, mas era carente de feiras náuticas para fomentar novos negócios e o turismo. Por meio do SEBRAE, o público que visitou evento pode conhecer lançamentos nacionais como a ilha de pesca Naviculahex, embarcações de entrada e produzidas em Santa Catarina como das marcas Flacker Boats e a Evolve Boats, tapetes náuticos da Jett Deck e as churrasqueiras das marcas Boat Grill e Bruce Inox”, avalia o coordenador regional do SEBRAE da Foz do Itajaí Alcides Sgrott.

Com cursos de capacitação voltados à cultura náutica durante todos os dias de evento e, pela segunda vez presente no Salão Náutico Marina Itajaí, a Associação Náutica Brasileira – Acatmar comemora a receptividade do público. “Tivemos sala cheia em vários dias do evento com cerca de 80% da capacidade de vagas preenchidas. Houve, inclusive, espera em alguns momentos dando origem a novos associados à Acatmar. Em nossa visão, a segunda edição do Salão Náutico Marina Itajaí atraiu um público seleto e qualificado que veio saber mais sobre as novidades em produtos e serviços. Com certeza, iremos trazer novidades no ano que vem. A Marina Itajaí também se consolida como um atrativo a parte com visitantes que vieram pelo mar para passear na região, na feira e viver este momento”, contou a diretora de turismo e eventos da Acatmar Michele Castilho.

Impulso ao turismo náutico

Com imenso potencial no território catarinense, o turismo náutico cresce motivado pelo lazer e pelo esporte. “Santa Catarina recebe edições dos melhores eventos do mundo como a Regata Jaques Vabre, a Volvo Ocean Race, a Extreme Sailing Series, e é um dos maiores centros de desenvolvimento náutico do país, com estaleiros, fábricas de softwares, tecnologia, serviços e acessórios. Apesar de termos um alto índice de desenvolvimento turístico, principalmente na região da Costa Verde e Mar, o setor precisa de aprimoramento. Temos mais de 500 km de litoral que podem ser explorados de forma sustentável para a ampliação da oferta de serviços que envolvem esse segmento. Neste sentido, a Marina Itajaí e a realização do evento são marcos que dão um status muito interessante ao nosso estado, colocando Itajaí e Santa Catarina como referências nacionais e internacionais. Além de agregar valor à cadeira do turismo, eventos como esse ampliam a oferta de produtos e serviços e ajudam a profissionalizar o setor”, diz o presidente da Santur, órgão oficial de turismo do Governo de SC, Valdir Walendowsky.

Para o gerente de Infraestrutura Aquaviária Leandro Ferrari, o modelo de participação do Governo do Estado, em conjunto com o GT Náutico de Santa Catarina apresentou ao público novidades do voltadas ao turismo náutico. “Apresentamos propostas de investimento em novas infraestruturas como construção de marinas, trapiches e revitalização de orlas. São projetos não apenas para o litoral, mas para lagos, lagoas e represas. São projetos de doze municípios que já fazem parte do GT Náutico e que vieram de uma forma diferente através das novidades expostas ao público pela primeira vez”, complementa o gerente.

A organização do Salão Náutico Marina Itajaí já se prepara para o evento no ano que vem que já possui data marcada, de 19 a 22 de julho.

O II Salão Náutico Marina Itajaí, uma realização da Marina Itajaí em parceria com a JG Eventos, contou com apoio do Governo de Santa Catarina por meio da Secretaria de Estado do Turismo, Cultura e Esportes e da Santur; da Prefeitura de Itajaí, Secretaria de Turismo e Porto de Itajaí; do Sebrae; da Associação Náutica Brasileira – Acatmar; do Itajaí Convention e Visitors Bureau, da Bombarco, e do Grupo Náutica.

Mais informações: www.marinaitajai.com

———————————


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Ferrari de Schumacher é vendida por US$ 7,5 milhões em Nova York

Fiat anuncia recall para Punto, Dobló, Uno, Mobi, Palio, Strada e Grand Siena

Santa Catarina lança o primeiro carro elétrico desenvolvido totalmente no Estado

Motorista que estourar 20 pontos perderá CNH por 6 meses


Governo libera créditos do Nota Paraná para pagamento do IPVA

Governo libera créditos do Nota Paraná para pagamento do IPVA


Novo Honda Civic Si chega ao Brasil em 2018

Novo Honda Civic Si chega ao Brasil em 2018


Funcionário perde controle de BMW de concessionária e atinge pedestre

Funcionário perde controle de BMW de concessionária e atinge pedestre


Range Rover Velar leva 5 estrelas em teste de colisão na Europa

Range Rover Velar leva 5 estrelas em teste de colisão na Europa