Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Segunda edição do Salão Náutico Marina Itajaí registra mais de R$ 40 milhões em negócios

Evento, que aconteceu de 20 a 23 de julho no litoral norte catarinense, se consolida pela importância ao desenvolvimento do setor náutico com apresentação de novidades em produtos, acessórios e serviços.


sábado, 29/julho/2017
Segunda edição do Salão Náutico Marina Itajaí registra mais de R$ 40 milhões em negócios

Quem esteve presente na segunda edição do Salão Náutico Marina Itajaí, que aconteceu na última semana, de 20 a 23 de julho, pode conferir de perto embarcações de consagrados estaleiros nacionais e internacionais além de produtos, acessórios e serviços no shopping náutico. Foram mais de 30 embarcações expostas em vagas molhadas e mais de 10 embarcações em vagas secas, de caiaques a megaiates de mais de 100 pés. Segundo expositores, o evento atraiu um público qualificado e interessado em conhecer as novidades do setor. Até o momento, foi registrada a geração de mais de R$ 40 milhões em vendas, sem falar da realização de inúmeros contatos comerciais e negociações em andamento.

“Estamos satisfeitos com a segunda edição do Salão Náutico Marina Itajaí, um evento que reuniu expositores e apoiadores que acreditaram no evento para apresentar suas novidades ao público. Foi uma excelente oportunidade de impulso ao mercado, geração de negócios e fortalecimento do turismo náutico no sul do Brasil e nas demais regiões. Além disso, o evento se consagrou pelas opções de lazer e pelo ambiente agradável com atrativos aos visitantes como o desfile de moda, happy hours, recreação infantil e a parte de gastronomia com opções para todos os gostos, desde espetinhos até iguarias da alta gastronomia do Restaurante Zephyr. Apresentação de veículos e empreendimentos imobiliários, que também são importantes para o desenvolvimento da região, foram mais destaques da feira”, conta o diretor da Marina Itajaí, Manuel Carlos Maia de Oliveira.

Público qualificado no II Salão Náutico Marina Itajaí

Com o objetivo de reforçar a presença da marca no Sul do país e brindar a parceria de sucesso com o dealer Regatta Yachts, que atende desde setembro na região, o estaleiro italiano Sessa Marine marcou presença no evento e avaliou o perfil do público de forma positiva. “Ficamos impressionados com a estrutura da Marina Itajaí e desejamos vida longa ao complexo catarinense que está crescendo a cada ano. Em relação ao evento, nossa expectativa foi atendida pelo fortalecimento da marca e divulgação sobre a chegada da revendedora à região, além da captação de contatos para o levantamento de novos negócios. Pelo perfil de público qualificado que visitou os barcos e marcou presença no nosso coquetel, as necessidades foram supridas e teremos, pelo menos, dois meses de muito trabalho em prospecções”, ressalta o presidente da Intech Boating, que representa e produz a marca Sessa Marine no Brasil, José Antonio Galizio Neto.

A italiana Azimut Yachts, um dos estaleiros participantes, com fábrica instalada na cidade, destacou a estrutura do evento e perfil dos visitantes. “Em relação à estrutura de atendimento ao expositor e ao perfil de público extremamente qualificado, o Salão Náutico Marina Itajaí atingiu as expectativas. Foi uma excelente oportunidade para vendas e contatos comerciais que deram origem a novos negócios e que, neste momento, já estão em andamento. Por meio das visitas às embarcações, o complexo náutico se tornou uma extensão da fábrica na cidade. O público pode visitar embarcações de 56 pés, o iate esportivo Verve 40, a luxuosa Azimut 70 e a Azimut 103 SL, o maior iate apresentado no evento”, conta o diretor comercial da Azimut Yachts Francesco Caputo, que representa na América Latina, o maior construtor de iates de luxo do mundo.

O modelo inovador, fast trawler, desenvolvido pelo estaleiro Okean Yachts, especialmente para o mercado brasileiro, encantou visitantes. “A Okean 50 foi apresentada pela primeira vez ao público do sul do país durante a segunda edição do Salão Náutico Marina Itajaí. Sem dúvida estará aqui no ano que vem e, possivelmente, com uma linha maior, já que tínhamos a intenção de apenas apresentar o produto ao mercado e, agora, já temos sete test drives marcados”, destaca o empresário da Nauticlass, Júnior Gomes, revendedor da Okean Yachts.

Apresentadas pela SP Marine/Mondblu, as embarcações da Sea Ray e Bayliner também agradaram ao público. “A região do Sul é muito promissora e a prospecção de negócios foi muito boa, inclusive, com test drives agendados”, comenta o diretor da SP Marine/Mondblu Ivan César Batagini.

Acessibilidade ao mercado náutico

De compra compartilhada a produtos e serviços de pequenos empresários do setor náutico, a segunda edição do Salão Náutico apresentou também opções acessíveis ao público interessado em navegação. É o caso da Prime Share, pela segunda vez no evento, e que comemora o crescimento em prospecção de clientes comparado ao último ano.

“A propriedade compartilhada é uma solução da crise e teve um grande crescimento no último ano, de cerca de 50%. Neste sentido, nossa perspectiva é de manter este desenvolvimento, e o Salão Náutico Marina Itajaí contribui para a consolidação da cultura náutica. Saímos felizes em obter um número quatro vezes maior de prospecção de clientes em comparação com o ano passado, quando apresentamos o novo produto ao mercado. Avaliamos que no ano passado tivemos mais pessoas, mas neste ano o evento foi mais produtivo pela geração de novos negócios, já que o público chegou perguntando sobre a nossa localização e entendendo sobre a compra compartilhada”, descreve o idealizador e o sócio proprietário Ricardo Ravache.

SEBRAE, que trouxe empresas de produtos e acessórios do setor náutico ao salão, diz que teve êxito na validação das mercadorias apresentadas pelos pequenos empresários aos visitantes. “O Salão Náutico Marina Itajaí foi uma excelente oportunidade para o pequeno empresário apresentar produtos e acessórios para um público que vivencia o mar. Além disso, nosso intuito também foi o de mostrar que o mercado náutico é acessível a todos que têm como paixão a navegação e que podem iniciar neste universo com embarcações de entrada como é o caso de caiaques e botes infláveis. A região Sul, sem dúvida, possui muito potencial, mas era carente de feiras náuticas para fomentar novos negócios e o turismo. Por meio do SEBRAE, o público que visitou evento pode conhecer lançamentos nacionais como a ilha de pesca Naviculahex, embarcações de entrada e produzidas em Santa Catarina como das marcas Flacker Boats e a Evolve Boats, tapetes náuticos da Jett Deck e as churrasqueiras das marcas Boat Grill e Bruce Inox”, avalia o coordenador regional do SEBRAE da Foz do Itajaí Alcides Sgrott.

Com cursos de capacitação voltados à cultura náutica durante todos os dias de evento e, pela segunda vez presente no Salão Náutico Marina Itajaí, a Associação Náutica Brasileira – Acatmar comemora a receptividade do público. “Tivemos sala cheia em vários dias do evento com cerca de 80% da capacidade de vagas preenchidas. Houve, inclusive, espera em alguns momentos dando origem a novos associados à Acatmar. Em nossa visão, a segunda edição do Salão Náutico Marina Itajaí atraiu um público seleto e qualificado que veio saber mais sobre as novidades em produtos e serviços. Com certeza, iremos trazer novidades no ano que vem. A Marina Itajaí também se consolida como um atrativo a parte com visitantes que vieram pelo mar para passear na região, na feira e viver este momento”, contou a diretora de turismo e eventos da Acatmar Michele Castilho.

Impulso ao turismo náutico

Com imenso potencial no território catarinense, o turismo náutico cresce motivado pelo lazer e pelo esporte. “Santa Catarina recebe edições dos melhores eventos do mundo como a Regata Jaques Vabre, a Volvo Ocean Race, a Extreme Sailing Series, e é um dos maiores centros de desenvolvimento náutico do país, com estaleiros, fábricas de softwares, tecnologia, serviços e acessórios. Apesar de termos um alto índice de desenvolvimento turístico, principalmente na região da Costa Verde e Mar, o setor precisa de aprimoramento. Temos mais de 500 km de litoral que podem ser explorados de forma sustentável para a ampliação da oferta de serviços que envolvem esse segmento. Neste sentido, a Marina Itajaí e a realização do evento são marcos que dão um status muito interessante ao nosso estado, colocando Itajaí e Santa Catarina como referências nacionais e internacionais. Além de agregar valor à cadeira do turismo, eventos como esse ampliam a oferta de produtos e serviços e ajudam a profissionalizar o setor”, diz o presidente da Santur, órgão oficial de turismo do Governo de SC, Valdir Walendowsky.

Para o gerente de Infraestrutura Aquaviária Leandro Ferrari, o modelo de participação do Governo do Estado, em conjunto com o GT Náutico de Santa Catarina apresentou ao público novidades do voltadas ao turismo náutico. “Apresentamos propostas de investimento em novas infraestruturas como construção de marinas, trapiches e revitalização de orlas. São projetos não apenas para o litoral, mas para lagos, lagoas e represas. São projetos de doze municípios que já fazem parte do GT Náutico e que vieram de uma forma diferente através das novidades expostas ao público pela primeira vez”, complementa o gerente.

A organização do Salão Náutico Marina Itajaí já se prepara para o evento no ano que vem que já possui data marcada, de 19 a 22 de julho.

O II Salão Náutico Marina Itajaí, uma realização da Marina Itajaí em parceria com a JG Eventos, contou com apoio do Governo de Santa Catarina por meio da Secretaria de Estado do Turismo, Cultura e Esportes e da Santur; da Prefeitura de Itajaí, Secretaria de Turismo e Porto de Itajaí; do Sebrae; da Associação Náutica Brasileira – Acatmar; do Itajaí Convention e Visitors Bureau, da Bombarco, e do Grupo Náutica.

Mais informações: www.marinaitajai.com

———————————


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Justiça condena Volks a pagar R$ 1 bilhão a donos de Amarok no Brasil por ‘dieselgate’

Encontro de Harley-Davidson vai movimentar o feriadão em Foz

Os 10 carros flex mais econômicos no Brasil

PRF leiloa 140 veículos com lances a partir de R$ 1,5 mil


Superestrutura de iate de luxo é concluída

Superestrutura de iate de luxo é concluída


Ferrari Portofino será o novo modelo mais ‘acessível’ da marca; FOTOS

Ferrari Portofino será o novo modelo mais ‘acessível’ da marca; FOTOS


Motorista britânico destrói Ferrari uma hora depois de comprá-la

Motorista britânico destrói Ferrari uma hora depois de comprá-la


Carteira de motorista eletrônica valerá a partir de 2018

Carteira de motorista eletrônica valerá a partir de 2018



CFW Agência de Internet